Ginecologista de Plantão

2011-02-16_palestra-educacao-sexual-comeca-em-casa_gg

O que é HPV?
É a sigla em inglês para papiloma vírus humano. Os HPV são vírus da família Papilomaviridae, capazes de provocar lesões de pele ou mucosa. Na maior parte dos casos, as lesões têm crescimento limitado e habitualmente regridem espontaneamente.

Tire suas dúvidas sobre HPV com o Ginecologista Dr. Christian Ferraz.

Este Chat é Patrocinado por: IAM – Instituto de Assistência a Mulher – Ultrassom 3D e 4D. A mais alta tecnologia a serviço da vida. Venha viver essa alegria.

Ana Beatriz diz: Quais são os meios de contágio do HPV?

Dr. Christian Ferraz diz:

O vírus HPV é muito freqüente na população, e a forma mais comum de contágio é a via sexual. Existe também a transmissão vertical que é quando uma mãe contaminada passa para o bebê. A principal via é a sexual mesmo. Às vezes a mulher com uma verruga, relaciona a uma atividade sexual que teve dias atrás. Não é assim. O vírus HPV é latente; possui uma capacidade de ficar durante muito tempo no organismo sem se manifestar. Na maioria das vezes, é uma doença sexualmente transmissível, mas a pessoa poderia ter adquirido há anos, e somente agora o vírus esteja se manifestando. Lembro a você, caro internauta, que a manifestação do HPV depende muito da imunidade da pessoa; a capacidade do organismo de se defender de doenças. Em momentos em que a defesa do indivíduo esteja baixa, várias doenças podem se manifestar. A dica é: cautela e prevenção sempre.

Dr. Christian Ferraz diz:

Elaine diz: É possível contrair HPV entrando em contato com a água do vaso sanitário?

Na verdade essa é uma pergunta que muitas pessoas fazem, não só relacionadas ao HPV. Tem certas questões que são primordiais na higiene pessoal; não se deve usar a escova de dente de outra pessoa, a calcinha da irmã ou da amiga, enfim… Essas questões não estão ligadas, diretamente, a forma de contágio da doença; não é tão apavorante. Logicamente, se a pessoa entra em contato com um meio que possa ter um material contaminado, é um risco. Nossa internauta pergunta sobre a água do vaso sanitário. O vírus HPV precisa estar dentro de uma célula para transmitir a doença. A água do vaso sanitário não tem meio celular; é um meio químico. Elaine, o simples fato de urinar em um banheiro de uso coletivo, não leva a adquirir doença alguma, não precisa ter esse exagero de preocupação; é preciso ter cuidados de higiene e de individualidade.

Janaína diz: Quais as conseqüências da contaminação por HPV?

Dr. Christian Ferraz diz:

A maioria das pessoas, com o exame na mão, pensa: O que é que vai acontecer comigo? A mulher precisa procurar o serviço de saúde para fazer uma complementação de exames, uma colposcopia, que é um exame que permite visualizar a vagina e o colo do útero por meio de um aparelho chamado colposcópio. O HPV caminha para dois grandes grupos de modificação do organismo da mulher; existem alguns que têm capacidade de alteração da pele da mulher, provocando um papiloma, uma verruga. Esse tipo de verruga é simples, mas precisa de tratamento. Existe outro grande grupo de lesões que são modificações da pele que reveste o meio vaginal e o colo do útero, causando manchinhas, lesões de baixo grau; é uma lesão simples, que o tratamento faz desaparecer completamente. As lesões de maior potencial de virar câncer são consideradas de alto grau e que podem chegar a câncer, mas não é uma regra. Fica a dica. Aparecendo o diagnóstico de HPV, não se desespere, tem tratamento.

Dr. Christian Ferraz é Médico Pós-graduado em Ginecologia e Obstetrícia com título de especialista brasileiro pela FEBRASGO – Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam Protection by WP-SpamFree